Início Catarinense Série B Inédito: Concórdia é campeão da série B e torcida abraça o time

Inédito: Concórdia é campeão da série B e torcida abraça o time

236
0
COMPARTILHAR
Jogadores do Galo do Oeste erguem a taça de campeão da série B FOTO: TONOEVENTO.COM.BR

Uma final histórica para Concórdia. Clima de decisão, cidade envolvida com o time e aos redores do estádio torcedores em concentração espera do jogão.

Filas tomavam conta dos portões do Domingos Machado de Lima. Após os portões abertos, as arquibancadas foram tomadas de torcedores que se aglomeravam ao se posicionar no melhor espaço para assistir a decisão. Ao saber que não viria torcida do Hercílio Luz, o espaço de visitante foi liberado para mais torcedores ocuparem o espaço.

Torcida recepcionou o time como fez na semifinal,carregando o time..
Foto: Tonoevento.com.br

O jogo

Quando a bola rolou se viu um Concórdia querendo jogo desde o início, com um Hercílio Luz esperando e tentando jogar nos erros do Galo. O Concórdia ainda teve um gol anulado de Andrei Alba, que após cobrança de falta na barreira o mesmo pegou o rebote e bola foi pro gol, o árbitro assinalou impedimento, dizendo que houve participação na jogada do atleta do Concórdia.

Segundo tempo

O time adotou uma postura mais defensiva de esperar a equipe do Hercílio Luz e explorar os contra-ataques na velocidade de Abner. O Hercílio Luz se largou para o ataque, onde conseguiu uma bola na trave após cabeçada de Yago. O Concórdia fez o tempo passar tocando bola e fazendo o relógio correr, até que o árbitro assinalou o meio de campo e apitou o fim de partida em 0×0.

Galo do Oeste fez o tempo passar para poder gritar é campeão.
FOTO: TONOEVENTO.COM.BR

Festa

Muita emoção dos atletas, muita comemoração com os torcedores que não arredou o pé das arquibancadas à espera do momento dos atletas levantarem a taça. Após o encerramento do cerimonial, os atletas deram uma volta olímpica pela pista atlética do estádio onde a torcida aplaudia e vibrou muito. Os jogadores foram para o caminhão do Corpo de Bombeiros e percorreram as ruas da capital do trabalho com a taça na mão.

Veja também: Figueirense bate o Santa Cruz e sai da zona de rebaixamento

Mauro Ovelha

Curioso é que a 26 anos atrás Mauro Ovelha era jogador e capitão da equipe que venceu o Próspera por 1×0, agora na condição de técnico, pode colocar o Concórdia na elite e campeão da série B.

Algo inédito até então, se for contar o Galo seria BI Campeão por ter conquistado a série B de 1991, a direção prefere apenas comemorar este feito com a agremiação de Concórdia Atlético Clube, com essa nova formação do time que surgiu em 2005. Ovelha pode enfim soltar o grito de campeão, onde segundo ele sua volta para Concórdia tinha que ocorrer “Meu objetivo era resgatar o torcedor e trazer eles de volta, na minha época isso aqui era um caldeirão, conseguimos fazer isso com união de esforços”.

 

Ovelha conseguiu feito como jogador e retornou para ser campeão como treinador
Foto: Tonoevento.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here